Lideranças indígenas da Terra Indígena Raposa Serra do Sol Realizaram vigilância do território contra o garimpo ilegal

Nos últimos três anos, o governo Bolsonaro estimulou o garimpo ilegal, que aumentou e avançou nas terras indígenas, colocando em risco a vida de centenas de povos indígenas no Brasil. Diante do desmonte e da omissão dos órgãos de fiscalização, as lideranças se organizaram para proteger os territórios por conta própria.

Uma das ações de monitoramento foi realizado na TI Raposa Serra do Sol, que resultou na apreensão de centenas de materiais de garimpo e destruição de uma balsa no Rio Maú, que estava sendo utilizado para extrair minérios da terra indígena.

Os povos indígenas continuarão com as ações e combate ao garimpo ilegal.

No mês de abril de 2020 lideranças indígenas também realizam uma ação e apreenderam materiais de garimpo indígenas da Terra Indígena Raposa Serra do Sol (TIRSS).

Fora Garimpo!