Comunicadores do CIR produzem web stories sobre vida nas comunidades e movimento indígena

 

A rede Wakywai de comunicadores indígenas do Conselho Indígena de Roraima (CIR) lança nesta segunda-feira (9), Dia Internacional dos Povos Indígenas, uma série de web stories sobre assuntos relevantes da política indígena e costumes dos povos de Roraima. Os web stories revelam uma perspectiva de jovens indígenas sobre o mundo ao seu redor e questões nacionais. A produção é resultado do último encontro de Comunicadores Indígenas da rede Wakywai, realizado em dezembro de 2020 no Centro Indígena de Formação e Cultura Raposa Serra do Sol.

Com pautas e roteiros construídos pelos próprios comunicadores que são dos povos Macuxi, Wapichana e Sapará, os cinco web stories foram produzidos em equipes e tem como temas: “Pajuaru”, feito pelos comunicadores da região Amajari, “Marco Temporal”, região Serras, “Farinha”, região Tabaio, “Piscicultura Indígena”, região Surumu, e “Medicina Tradicional”, da região Raposa.

Os cinco trabalhos foram avaliados por uma banca composta por especialistas e os três melhores receberam uma bolsa no valor de R$ 900 cada. Os critérios para premiação foram originalidade, relevância do tema, qualidade da narrativa, da informação e das imagens. Foram premiados os trabalhos sobre Farinha, Medicina Tradicional e Marco Temporal.

A banca de avaliadores foi composta por Marcia Fernandes (coordenadora de comunicação do CIR), Ray Baniwa (comunicador da rede Wayuri – FOIRN), Kristal Bivona (Centro de Estudos Brasileiros da Universidade de San Diego) e Clarissa Beretz (coordenadora de comunicação do IEB).

“Esse trabalho mostrou como podemos trabalhar em equipe, desenvolvendo nossas capacidades e aprimorando nosso conhecimento. Não foi um desafio só para o nosso grupo, mas para nós mesmos [enquanto indivíduos]”, disse Elivanilda Valerio, da comunidade Raposa 2, região Raposa.

A iniciativa de produção dos web stories pelos jovens comunicadores foi proposta pela parceria do Projeto Bem Viver com o Behner Stiefel Center For Brazilian Studies da Universidade Estadual de San Diego. O projeto Bem Viver é realizado em Roraima pelo CIR com o Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB) e Natureza e Cultura Internacional (NCI) com apoio da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID).

Webstories – Região Serras
Tema: Marco temporal 

(Para visualizar, abra o primeiro storie e arraste para esquerda, ou toque na tela, se estiver no celular, para ir vendo em sequência):

Web stories – Região Tabaio
Tema: Farinha

Web stories – Região Raposa
Tema: Medicina Tradicional na pandemia 

Web stories – Região Amajari 
Tema: Pajuaru

Web stories – Região Surumu
Tema: Piscicultura Indígena