COMUNIDADE RECEBE DOAÇÕES DO CIR PARA FORTALECER A MEDICINA TRADICIONAL

A comunidade Anta II, na região Tabaio, município de Alto Alegre, recebeu na última semana doações do Conselho Indígena de Roraima (CIR) para fortalecer a produção da medicina tradicional. A iniciativa, apoiada pela Embaixada Real da Noruega, visa dar autonomia às comunidades frente à pandemia do novo coronavírus.

Durante a ação foram entregues geladeira, fogão, liquidificador e utensílios para cozinha. A comunidade tem trabalhado com a medicina tradicional para ajudar não só seus moradores, mas também comunidades e populações vizinhas.

De acordo com a coordenadora da medicina tradicional regional, Rosângela Raposo, nas comunidades Anta I e II, ambas na região Tabaio, são feitas pomadas, xaropes e chás usando plantas medicinais. “Já distribuímos medicina tradicional para as outras comunidades e outras regiões, e também para a Casa de saúde Indígena (CASAI), e com este apoio que estão nos dando, vamos continuar nessa luta”.

Material foi arrecadado pelo CIR com apoio da Embaixada Real da Noruega. Foto: Márcia Fernandes/Ascom CIR

Sandriele Barbosa, da comunidade Anta II, disse que a medicina tradicional está sendo uma grande aliada na luta contra o coronavírus. “Nossos parentes estão se curando”.

O coordenador do CIR, Enock Taurepang, e a secretaria geral do movimento das mulheres indígenas de Roraima, Maria Betânia Macuxi, participaram da entrega. Eles parabenizaram as lideranças pela iniciativa das comunidades.

“A medicina tradicional está fazendo a diferença e sendo de grande importância na recuperação das pessoas com a COVID-19. Por isso, agradecemos e parabenizamos as nossas lideranças por todas as iniciativas que estão sendo feita pelo bem viver do nosso povo”, destacou Maria Betânia.

Translate »