Дървен материал от www.emsien3.com

The best bookmaker bet365

The best bookmaker bet365

Microprojetos de Fortalecimento Regional atende regiões e bases do CIR Destaque

O vice-coordenador da região das Serras Eugenio Mariano Gabriel recebendo os equipamentos do coordenador geral do CIR, Mario Nicacio O vice-coordenador da região das Serras Eugenio Mariano Gabriel recebendo os equipamentos do coordenador geral do CIR, Mario Nicacio

Com o objetivo de fortalecer as regiões e suas comunidades indígenas, permitindo que possam criar seus próprios mecanismos para execução de projetos, a partir das iniciativas de acordo com os potenciais existentes em cada etnorregião, nas áreas de agricultura, pecuária e gestão ambiental, além de outros, o Conselho Indígena de Roraima (CIR) na metade do semestre de 2014 começou a entregar os materiais e equipamentos oriundos dos Microprojetos de Fortalecimento Regional. A entrega iniciou-se no último dia 17 de outubro.  

Os Microprojetos atendem as oito regiões que formam a base do CIR, Serras, Baixo Cotingo, Surumu, Raposa, Amajari, Murupu, Serra da Lua e Taiano.  O valor disponibilizado para cada região no atual projeto é de R$ 6 mil totalizando R$ 48 mil para as oito regiões. 

As regiões serão beneficiadas com equipamentos eletrônicos (computadores, câmera fotográfica, caixa de som), mobiliários (mesas, cadeiras, armários) e materiais de construção (tijolos, telhas, cimento), conforme propostas e necessidades específicas apresentadas por cada região. 

Origem dos Microprojetos 

Os pequenos projetos são resultado das discussões iniciadas na reunião da Coordenação Ampliada do CIR realizada em dezembro de 2013 com a presença do coordenador do Programa Indígena da Embaixada da Noruega Kristian Bengtson e do consultor de projetos Luciano Padrão.

Na reunião foi feito um levantamento das principais necessidades e recursos existentes, onde foi aprovada a elaboração de projetos pilotos no ano de 2014 nas linhas de comunicação, articulação e infraestrutura dos Centros Regionais.

Dando continuidade nas discussões sobre as iniciativas, na reunião da Coordenação Ampliada do CIR em julho desse ano, o consultor Luciano Padrão assessorou a elaboração dos microprojetos pelas coordenações regionais das oito regiões beneficiadas. 

Durante a reunião foram definidas as ações e orçamentos a serem executados nas regiões, assim como um termo de uso dos equipamentos a ser assinado pelas lideranças regionais e pela coordenação geral do CIR. Foi acordado que na reunião da Coordenação Ampliada de dezembro de 2014 as lideranças deverão apresentar o relatório de uso dos equipamentos, a descrição das atividades desenvolvidas, e o esboço dos Microprojetos de Fortalecimento Regional propostos para o ano de 2015.

Para o próximo ano existe uma previsão de aumento no valor deste recurso, a ser analisado pela Embaixada da Noruega de acordo com o resultado alcançado e a avaliação que será feita na próxima reunião da Coordenação Ampliada do CIR a ser realizada no mês de dezembro desse ano. 

Entrega dos materiais e equipamentos 

A região das Serras foi a primeira região a receber os materiais e a segunda a região do Amajari. O coordenador geral do Conselho Indígena de Roraima (CIR), Mario Nicacio fez a entrega aos coordenadores regionais das respectivas regiões.  

O coordenador geral esclarece e reforça que os microprojetos servirão para fortalecer as bases do CIR, no caso as coordenações regionais, para que cheguem mais próximas das comunidades indígenas no sentindo de levar informações e divulgar os resultados.

Um dos coordenadores regionais que já recebeu os materiais, Avelino Duarte, da região do Amajari, também complementa dizendo que o projeto não vai atender somente os trabalhos da coordenação regional, mas de toda comunidade. “Esses materiais vão servir para o trabalho das mulheres, professores, dos jovens que precisam para fazer os seus relatórios, registrar as reuniões e outras atividades”. Uma das primeiras atividades que a região utilizará os equipamentos será a assembleia regional, prevista para ocorrer no mês de novembro.

A entrega às demais regiões deverá ser feita até o mês de novembro, período previsto para o início das atividades regionais, principalmente as assembleias. 

 

voltar ao topo