Cartas,  Destaque

Povos indígenas divulgam carta contra o garimpo em T.I Raposa Serra do Sol

Lideranças na IV assembleia regional da terra indígena Raposa Serra do Sol

 Se vocês do “Governo” anunciam para toda a sociedade que vivemos em um estado democrático, não podem impor um único modelo de desenvolvimento, afirma a CARTA FINAL DOS POVOS INDÍGENAS DA RAPOSA SERRA DO SOL.

Com o tema: Vigilância e Monitoramento do Território Indígena, Anna Pata, Anna Yan, que na língua macuxi significa “Nossa Terra, Nossa Mãe”, Povos Macuxi, Wapichana, Sapará e Taurepang realizaram a IV Assembléia Geral dos povos da T.I Raposa Serra do Sol, nos dias 17 a 20 de fevereiro de 2020, na comunidade Camará, região Baixo Cotingo, Município de Normandia.

No documento, as lideranças denunciaram a invasão da T.I por parte de garimpeiros e cada vez os problemas se agravam trazendo sérias conseqüências ao meio ambiente e as comunidades.

“Denunciamos o garimpo ilegal nas proximidades da comunidade Raposa II na região da Raposa, em outras áreas da T.I Raposa Serra do Sol: Wixi, Araçá da Serra, Mari Mari, Rio Kinor, Rio Maú, Mero, Mato Grosso, Mutum, Água Fria, Caju, Serra Verde, Flexal, Mina Seca, Rio Cotingo”.

As lideranças também criticaram postura do Governo por insistir em impor um único modelo de desenvolvimento aos povos indígenas.

 “Nós, povos originários, queremos sim desenvolvimento, mas sem deixar ninguém para trás. O que vocês governantes querem é que os indígenas virem peões e mão de obra barata de suas fazendas e das empresas mineradoras; se vocês anunciam para toda a sociedade que vivemos em um estado democrático, não podem impor um único modelo de desenvolvimento, mas sim, proteger e fazer respeitar o nosso plano de vida como assegurado na Carta Maior”, afirmam.

As lideranças reafirmaram apoio a Deputada Federal Joenia Wapichana, “É a nossa voz na casa do povo e nos representa. Reconhecemos o trabalho dela no Congresso Nacional em prol dos direitos coletivos dos povos indígenas que vem desenvolvendo nesses primeiros anos de mandato”.

É finalizam a Carta exigindo que o Governo respeite a decisão da maioria das comunidades da Raposa Serra do Sol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »