Notícias

Terra Indígena Wai Wai inicia a construção do PGTA

Com objetivo de fortalecer a organização social da Terra Indígena Wai Wai, o Conselho Indígena de Roraima (CIR), por meio do Departamento de Gestão Territorial e Ambiental (DGTA) realizaram no dia 23 de janeiro, na comunidade Anauá, região Wai Wai, reunião de sensibilização para a construção do Plano de Gestão Territorial e Ambiental (PGTA).

Participantes da reunião de sensibilização do PGTA da T.I Wai Wai FOTO: Márcia Fernandes/CIR

Conforme a Gestora Ambiental Sineia do Vale, “o primeiro encontro foi para dialogar sobre o que venha ser a política do processo de construção de PGTA da T.I Wai Wai, são construídas pelas próprias comunidades, eles tem a autonomia de decidir quais as informações que querem incluir”, explicou.

Gestora Ambiental do CIR, Sineia do Vale

De acordo com o Tuxaua da comunidade, Tarcizio Yakiama a região de fato precisa colocar no papel esse plano de vida. “Aqui na terra indígena Wai Wai, estamos precisando, porque há muitos anos não tínhamos isso, queremos construir para nossos, filhos, netos e futuramente para os que vierem”, destacou.

Tuxaua Tarcisio Wai Wai FOTOS: Márcia Fernandes


Reinaldo Lorival é representante da NCI, disse que é a primeira vez que na T.I Wai WAi e que é uma região diferente das outras regiões por ser área de floresta .
“Aqui é uma área de floresta que tem a similaridade em relação à luta pela terra e a manutenção desse território a busca da sustentabilidade na região amazônica, conversamos com as comunidades para explicar o que é o PGTA, o que venha ser essa historia, como a gente pode ajudar e ter um bom plano com a participação de todos e com acordo comunitário”, ressaltou.

Reinaldo Lorival é representante da NCI FOTOS: Márcia Fernandes

O professor Alexandre Wai Wai, mora na comunidade há 10 anos, participou da reunião propondo as suas idéias e explicou na sua língua para o seu povo, a importância do PGTA para a região, mas principalmente para território.

“É muito importante, não só para essa geração, mas pensando sempre no futuro , porque agente ver muitos casos assim de invasão, exploração de terras, desmatamento nas áreas indígenas e com esse projeto vai fortalecer muito pra preservar todo tipo de recurso que temos na região”, pontuou.

Professor Alexandre Wai Wai FOTOS: Márcia Fernandes

Mais de oitenta pessoas participaram, entre homens, mulheres e jovens. A T.I Wai Wai possuem duas comunidades, Anauá e Xaari.

Por Ascom/CIR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »